56ª RCR: pelo fortalecimento do BNB e em defesa do FNE

209

A Reunião do Conselho de Representantes da AFBNB (RCR) constitui um importante e necessário fórum de trabalhadores, de base, por meio do qual a entidade insere no centro do debate relevantes temas que dizem respeito aos direitos e conquistas dos  trabalhadores,  ao BNB, à questão regional,  bem como à própria economia do país.

A próxima edição desse fórum (56ª RCR) ocorrerá em Brasília-DF no período de 16 e 17 de setembro. Será a terceira realização na capital federal, no centro das decisões políticas do país.  O tema em discussão, nem poderia ser diferente, se direciona para a necessidade de uma “Política Nacional de Desenvolvimento que prime pelo Recorte Regional”, haja vista a conjuntura de desmonte das estruturas sociais do Estado infelizmente em curso com maior voracidade.

O objetivo é mais uma vez pautar o papel dos órgãos públicos de desenvolvimento, sobretudo os regionais: a preservação, fortalecimento e expansão das suas funções. Em específico ao Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), não custa lembrar que o FNE representa quase 73% do funding do Banco do Nordeste, feito que mais uma vez expressa também a imprescindibilidade do Fundo como motor de uma política de desenvolvimento, sendo o modelo – gerido e operacionalizado pelo BNB, exclusivo para atividades produtivas, em cumprimento ao que está determinando na Constituição Federal – como exemplar e consolidado.

O BNB é uma estratégia essencial de política econômica e para a promoção do desenvolvimento da qual não é coerente abrir mão!  Não há nada do ponto de vista técnico que justifique medida em contrário a essa visão, ou seja, de desmonte, exceto por equívoco político que aponte para tamanho desastre e revés estratégico.

Por ter a compreensão de que a luta política sempre foi determinante e fundamental para o enfrentamento às constantes ameaças que pairam sobre o Banco e os fundos constitucionais, é que a AFBNB tem se inserido constantemente neste campo e mais uma vez vai marchar por essa trilha. Óbvio que não somente nesta linha a caminhada deve se dar!  A atuação da AFBNB se  desenvolve nas mais diversas frentes de lutas, como está registrado na história e jamais se deve retirar os pés e os braços, e tampouco a mente, desse “campo da guerra política”.

Mais uma vez nossa RCR em Brasília é mais do que nunca necessária, considerando também o elo e a base com o que já está em andamento  nos Estados, com audiências públicas, seminários, e outras formas de interlocução e diálogo com a sociedade. Assim, vamos seguir coesos, serenos e com muita tranquilidade, mas firmes e determinados para a missão dos próximos dias –  56a Reunião do Conselho de Representantes e Audiência Pública na Câmara Federal – para, mais uma vez, levantar a bandeira de que o BNB, por ser um órgão público, é por essência um “agente de desenvolvimento”.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome