7ª Marcha da Periferia em Fortaleza – Vidas Negras Importam?

65

]Vidas negras importam? Nossos mortos têm voz! Periferia resiste!

Marchamos pela vida da juventude nas periferias, só no primeiro semestre de 2019 foram 71 adolescentes (de 13 a 17 anos) mortos. Em 95% dos casos, com uso de arma de fogo.

Denunciamos as políticas de extermínio e encarceramento da população pobre, negra e periférica. Repudiamos a política de segurança pública do Governador Camilo Santana, o pacote anticrime de Sergio Moro, o desgoverno fascista de Bolsonaro e o racismo institucional que fundamenta toda a exploração do povo pobre e negro.

Nenhum minuto de silêncio pelo assassinato dos nossos, Juan e Ágatha, um adolescente e uma criança, pelas mãos da polícia! Queremos educação e direitos humanos e não quartéis! Chega de guerra às drogas e militarização para extermínio e encarceramento do nosso povo. Periferia resiste e luta!

Venha marchar conosco no dia 08 de novembro. A concentração será na Praça do Seminário da Prainha (Praça do Cristo Redentor) às 15 horas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome