AFBNB em ação! Confira atividades da semana

178

A semana que marcou o Dia do Trabalhador foi de muita mobilização na AFBNB. Confira:

Começando a semana, a AFBNB participou, no dia 29 de abril, de sessão especial realizada na Assembleia Legislativa da Bahia, com o objetivo de mobilizar o parlamento e a sociedade em geral quanto à necessidade de fortalecimento do Banco do Nordeste e das demais instituições regionais e fortalecer as estratégias de enfrentamento à privatização desses órgãos. Entre as deliberações aprovadas, elaboração da Carta da Bahia em apoio à manutenção e ao fortalecimento do BNB e a criação de uma Frente Parlamentar em Defesa do Nordeste, incluindo a luta pela manutenção valorização das instruções regionais que atuam no Nordeste como a Codevasf, DNOCS, Sudene e BNB (leia mais aqui).

No dia 30 de abril, o diretor de Organização e Finanças da AFBNB, Assis Araújo, participou do programa “Mundo do Trabalho”, veiculado pela FM Universitária de Fortaleza. Assis e os demais convidados debateram o tema “Trajetória histórica e panorama atual da luta trabalhista no Brasil”. Além do dirigente da AFBNB participaram o coordenador e a presidente do Sindicatos dos Docentes da Universidade Estadual do Ceará (SindUECE), Frederico Costa e Sandra Gadelha; o diretor do SINTAF-Ce, Lúcio Maia; e o integrante do SindJustiça, Thiago Sampaio.

Também no dia 30, o presidente do Conselho Fiscal, Henrique Eduardo Barroso Moreira, participou do Ato em Defesa das Refinarias da Petrobras, representando a AFBNB, na Refinaria Lubrificantes e Derivados do Nordeste (Lubnor), em Fortaleza. O ato, nacional, foi organizado pela Federação Única dos Petroleiros (FUP) contra a medida anunciada no último mês pelo presidente Jair Bolsonaro de privatizar 8 das 13 refinarias brasileiras: Refinaria Abreu e Lima, Refinaria Landulpho Alves (RLAM); Refinaria Gabriel Passos (Regap); Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar); Refinaria Alberto Pasqualini (Refap); Refinaria Isaac Sabbá (Reman); e Lubrificantes e Derivados de Petróleo do Nordeste (Lubnor), além de uma Unidade de Industrialização do Xisto.


No dia 1º de maio, diretores da Associação se somaram às demais categorias de trabalhadores nos protestos que marcaram o dia do trabalhador pelo Brasil.

Encerrando a semana, a diretoria e o conselho fiscal, reunidos em Fortaleza, avaliam as ações que vem sendo desenvolvidas pela Associação, bem como planejam e organizam as atividades da entidade. A reunião plena – que acontece uma vez por mês em Fortaleza – iniciou com uma palestra sobre conjuntura com Érico Cardoso, mestrando em Educação pela Universidade Federal do Ceará.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome