AFBNB na luta pela posse de novos trabalhadores

115

Na noite do dia 19 de junho aconteceu uma reunião entre a AFBNB e os aprovados no concurso de 2018, que aguardam a convocação para o quadro de funcionários do Banco do Nordeste do Brasil (BNB).

Os dirigentes da Associação contextualizaram sobre o histórico em torno da questão – luta por concursos e pelo convocação – como pauta recorrente da Entidade. Destacaram as jornadas nesta perspectiva, além da abordagem junto ao Banco, interlocução no âmbito do parlamento, audiências nas casas legislativas e no Ministério Púbico do Trabalho (MPT), inserção na imprensa, notas , manifestações, etc, sempre com a fundamentação da necessidade de mão de obra para que o BNB tenha a condição adequada para cumprir a sua missão.

A discussão pairou em torno das questões pertinentes à demanda: carência de pessoal, reposição de mão de obra em relação à possível política de incentivo ao desligamento de pessoal, teto de funcionários determinado pelo governo, Lei de Apoio aos Estados (sancionada recentemente) quanto ao possível impacto sobre convocações nas estatais e quanto à suspensão do prazo do concurso, além da prorrogação do Edital. Foram apontadas pelos participantes como linhas de ação: buscar a interlocução com o parlamento, casas legislativas e Ministério Público do Trabalho, instâncias de governo e com o próprio BNB, bem como o estabelecimento de uma comissão entre as partes para a implementação e o acompanhamento permanente das ações.

A AFBNB reafirma o compromisso com a luta dos concursados e mantém seu apoio incondicional a essa luta, assim como fez em jornadas anteriores. O principal objetivo é que se faça jus ao direito das pessoas que se prepararam e lograram êxito no certame para que venham somar à ação peculiar da missão do Banco do Nordeste do Brasil. Por oportuno, reitera a necessidade de se quebrar as travas quanto ao percentual de reposição de pessoal em relação ao quantitativo de desinvestimento (25% atualmente) e do teto para o efetivo de funcionários.

Gestão História e Autonomia para Lutar: a AFBNB em ação sempre!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome