AFBNB saúda os trabalhadores pelo seu dia

209



A data de 1º de Maio, que é celebrada no Brasil e em muitos países do mundo, nos remete ao ano de 1886, quando, na cidade de Chicago (EUA), milhares de trabalhadores foram às ruas reivindicar melhores condições de trabalho, entre elas, a redução da jornada de trabalho de treze para oito horas diárias. Nesse mesmo dia, ocorreu nos Estados Unidos uma grande greve geral da classe trabalhadora.


 


Passados 130 anos, motivos não faltam para que os trabalhadores se organizem e se mobilizem por seus direitos, afinal, os ataques vêm de todos os lados e das mais variadas formas: flexibilização das leis trabalhistas, assédios, baixos salários, condições de trabalho degradantes, inclusive análoga à escravidão, dentre outras –  típicas das relações de trabalho no sistema capitalista.


 


A resistência organizada e a consciência da luta de classes são caminhos a serem trilhados pelos trabalhadores, em busca de justiça. 


 


A AFBNB há 30 anos se soma a essa luta ao lado dos trabalhadores do BNB e de um modo geral. No Banco do Nordeste do Brasil, questões que se arrastam há anos – como os problemas previdenciários, plano de cargos não condizente com um banco de desenvolvimento, falta de isonomia etc – convivem com problemas modernos e exigem dos trabalhadores, antes de tudo, resistência e continuidade da luta por melhores condições de trabalho e de vida com a certeza de que a vitória decorre desta luta!


 


Viva o 1º de Maio


Só a luta muda a vida!


A AFBNB ao lado dos trabalhadores


Gestão Autonomia e Luta


Source: Notícias – 400

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome