Associação discute estratégias para o fortalecimento do BNB

141

A Associação dos Funcionários do BNB (AFBNB) realizou na manhã desta segunda-feira (18) um “café temático” com foco no debate de estratégias que fortaleçam o Banco do Nordeste do Brasil (BNB) e sua missão enquanto promotor do desenvolvimento regional.

O encontro mobilizou diversos setores da sociedade – do parlamento, da classe empresarial, dos movimentos sociais, conselhos de classe, além de representantes das coligadas do BNB e do próprio Banco – que ratificaram em suas intervenções a necessidade de se lutar em defesa do BNB na sua integralidade, contemplando seu aspecto social, a rejeição a qualquer proposta que possa afastar o Banco de sua missão histórica, de atender aqueles comumente excluídos do sistema bancário.

Durante toda a manhã, foram compartilhadas e sugeridas ações que dialogam com o entendimento da AFBNB. O deputado estadual Acrísio Sena (PT-CE), por exemplo, citou a criação da Frente Parlamentar em Defesa do BNB na Assembleia Legislativa do Ceará e a intenção de se articular todo o parlamento nordestino em torno dessa questão.

Os participantes reiteraram a necessidade de dialogar com os governadores do Nordeste, os quais em reunião ocorrida semana passada (Fórum de Governadores do Nordeste), manifestaram posicionamento em defesa do BNB, e pela formação de uma frente ampla, integrada por todos os setores da sociedade nordestina.  Tal manifestação se constitui fator importante, uma vez que as ações conjuntas não se resumem somente ao BNB, mas ao conjunto das instituições de desenvolvimento na região e no Brasil.

Para o ex-presidente do Banco do Nordeste, João Melo, o único objetivo dessas propostas que ora visam à fusão do BNB ao BNDES, ora a privatização não é outro senão “arrancar” os recursos do FNE e do FNO das regiões que ainda necessitam de investimentos direcionados, para usar nas demais regiões. Tal procedimento aponta para um perigoso retrocesso, asseverou João Melo.

Para o Deputado Federal Capitão Wagner (PROS-CE), uma estratégia interessante para buscar a unidade na defesa do Banco é tratar a questão da forma mais técnica possível, mostrando o caráter social e a importância da instituição para a região e o país. Na oportunidade enfatizou que a bancada nordestina está imbuída nesse objetivo e que qualquer medida que aponte para o desinvestimento do BNB não será aceita.

O Deputado Elmano de Freitas (PT-CE) manifestou congratulações à AFBNB em buscar o debate em torno da questão, enaltecendo que o BNB é uma questão de interesse do Nordeste e do Brasil. Como tal o deputado enfatizou que o conjunto das forças políticas devem estar juntos na linha de frente, independente das diferenças políticas, e que deve prevalecer os pontos convergentes nessa perspectiva. Na oportunidade reiterou que o seu mandato está à disposição desse objetivo.

Investir fortemente em comunicação popular foi uma das sugestões dadas pelo Dep. Estadual Renato Roseno (Psol-CE). “Sem ela, seremos poucos se quisermos defender o estado social brasileiro e suas instituições”. Para Renato, o Nordeste não pode abrir mão do BNB, que não é apenas agência de fomento, mas também espaço de pensamento criativo e inovador.

Alci Lacerda, coordenador do Conselho Técnico da AFBNB, destacou a importância do somatório de forças de todos os segmentos para a elaboração de subsídios para uma politica de desenvolvimento e a ação da Associação nesse aspecto. Por oportuno, lembrou de alguns momentos que marcam a atuação da entidade em Brasília quando medidas apontavam para ameaças contra o Banco  e a própria região.

Edson Braga, Presidente da AABNB, resgatou lutas pelo Banco, em conjunto com a AFBNB e também alguns textos de sua autoria com essa ênfase, ratificando a parceria para as lutas. Outros representantes também foram unânimes e enfáticos no compromisso de somar esforços nesta empreitada.

Flávio Saboya, presidente da  Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará (FAEC) falou da importância das iniciativas pelo fortalecimento do Banco e defendeu que sejam apresentadas à Sudene e às comissões especificas da Casas Legislativas. Ele informou que irá sugerir à Comissão Nordeste, que agrega todas as Federações da região e que se reunirá na próxima semana em Brasília, um posicionamento em defesa do Banco.

O presidente e os diretores da Associação dos Servidores do DNOCS (Assecas), respectivamente Aloísio Bastos Pereira, Geraldo Costa e Evandro Bezerra ratificaram as lutas que vêm sendo travadas pelas entidades representativas, cuja sintonia traduz a defesa e o fortalecimento do BNB, DNOCS, Sudene e instituições regionais.

Os diretores da Associação apresentaram algumas das ações desenvolvidas pela AFBNB, como a petição pública, produção de informação e o diálogo com as casas legislativas. No início do ano, a entidade encaminhou a todos os governadores, presidentes das casas legislativas, deputados federais, presidente da República e Ministério de Desenvolvimento Regional material destacando a importância do BNB para a superação das desigualdades entre as regiões. A AFBNB está preparando uma campanha para envolver e mobilizar a sociedade.

Todas as sugestões dadas durante o encontro dessa manhã serão sistematizadas a fim de serem incluídas nas atividades da Associação. Ao encerrar o encontro, em cujo momento ratificou o agradecimento aos presentes, a Diretora-Presidente  fez o registro da audiência pública a acontecer no próximo dia 5 de abril, às 9h na Assembleia Legislativa do Ceará, para a qual convidou a todos e pediu ampla divulgação.

Para Rita Josina, o evento foi importante já que houve a “oportunidade de dialogar com lideranças, movimentos, parlamentares e pautar assunto de grande relevância para a sociedade. O assunto é pauta permanente da AFBNB que nessa conjuntura encaminha diversas ações no sentido de aglutinar forças e dar visibilidade para o engajamento da sociedade. A defesa dos recursos constitucionais, o fortalecimento do BNB e a valorização dos trabalhadores são condições intrínsecas ao papel de banco de desenvolvimento que defendemos”, concluiu a Diretora-Presidente.

Participaram do encontro o deputado federal Capitão Wagner (PROS-CE), os deputados estaduais Renato Roseno (PSOL-CE), Elmano de Freitas (PT-CE) e Acrísio Sena (PT-CE); o assessor da dep. federal Luizianne Lins, Waldemir Catanho; o assessor do dep. federal Eduardo Bismarck, Urbano Costa Lima Filho; o assessor do deputado federal José Airton Cirilo, Marcelo Brito;  o vereador por Fortaleza, Casimiro Neto (MDB-CE); Flávio Saboya, presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará (FAEC); Aloísio Bastos Pereira, Geraldo Costa e Evandro Bezerra, da Associação dos Servidores do DNOCS (Assecas);  o presidente da AABNB, José Edson Braga e o diretor Miguel Nóbrega; o Presidente da Capef, Jurandir Mesquita e o diretor da Capef Francisco José Araújo Bezerra; o ex-presidente do BNB, João Alves de Melo; o juiz aposentado e advogado Inocêncio Uchôa (Ass. dos Juristas pela Democracia); o presidente do Instituto Nordeste Cidadania (INEC), Stélio Gama Lyra; o economista-chefe do BNB, Luiz Esteves; a representante do Conselho Regional de Contabilidade (Corecon-CE), Cristina Aragão Cavalcante; a ouvidoria da Capef, Maria Auxiliadora Bezerra e o conselheiro José Nilton Fernandes; Rafael Tomyama, do Movimento Democracia Participativa; o representante da AFBNB no ambiente de Políticas e coordenador do Conselho Técnico da AFBNB, Alci Lacerda de Jesus; e os funcionários aposentados José Bernardino Carleial e Aldeilton Arcanjo de Moura. Pela diretoria da AFBNB, além da Diretora-Presidente  Rita Josina Feitosa da Silva, os diretores Dorisval de Lima, José Frota de Medeiros e Assis Araújo.

A AFBNB firme, com resistência e autonomia.

Gestão Unidade e Luta

Veja fotos do evento 

1 COMENTÁRIO

  1. Parabéns à diretoria da AFBNB pelo brilhante e representativo evento. Importantíssimo neste momento é agregar forças para continuar pensando e posicionando o BNB como instituição estratégica no PNDR.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome