Campanha Nacional dos Bancários: ainda tem luta

869

Em assembleias realizadas na última quarta-feira (29) em todo o país, os bancários aprovaram a proposta patronal (Fenaban e Bancos Públicos) com reajuste salarial de 5% (1,18% sobre uma inflação calculada pelo INPC, projetada em 3,78%, e 1% sobre o índice do INPC em 2019 – com acordo bianual – 2018/2020.) válida para os empregados de bancos públicos e privados.

A decisão não foi unânime em termos de bases sindicais, haja vista a rejeição da proposta com o indicativo de greve para o próximo dia 3 de setembro pelas assembleias do Maranhão (assembleias em São Luís e Imperatriz), Rio Grande do Norte, Amazonas, Goiás, Pará, Brasília e Bauru(SP), dando continuidade à luta.  Na noite desta quinta-feira (30) ocorreram novas assembleias nos sindicatos de Brasília e Goiás, tendo os bancários decido pela adesão ao acordo. O mesmo foi seguido pela base de Bauru em assembleia realizada na manhã desta sexta-feira (31).

No Maranhão, Rio Grande do Norte, Pará e Amazonas ocorrerão assembleias nesta sexta para avalição e decisão quanto aos rumos da campanha. Já no Banco da Amazônia, que negocia em específico, ou seja, fora da mesa única da Fenaban, apresentou proposta de renovação do acordo, a qual será avaliada hoje à noite em assembleia dos funcionários.

O fato de não ter havido campanha salarial efetiva em 2018, sem movimento concreto, sem greve, não pode implicar desmobilização dos trabalhadores. Pelo contrário, mais do que nunca está ordem do dia a luta por avanços nas demandas gerais e específicas da categoria, fortalecer as instituições públicas, sobretudo, diante dos constantes ataques a esses órgãos e às conquistas da classe.

A AFBNB reforça que os bancários das bases que ainda não definiram o destino do movimento devem se fazer presentes nos fóruns convocados pelos sindicatos e fazer valer sua voz nesse momento importante e decisivo do movimento. Só a luta muda a vida!

 

AFBNB ao lado dos trabalhadores

Gestão Unidade e Luta

1 COMENTÁRIO

  1. Campanha Nacional dos Bancários: ainda tem luta – NO BNB, QUEM É F11…. EM DIANTE, O MAIOR INTERESSE É UM NOVO PLANO DE CARGOS E SALÁRIOS.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome