Denúncia feita em nome da AFBNB é mentirosa e criminosa

2714

A AFBNB foi notificada ontem (dia 28) pelo Conselho de Administração, pelo Comitê de Auditoria do Banco e pelo Tribunal de Contas da União (TCU) acerca da existência de documento contendo denúncia contra o presidente do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) supostamente feita pela Associação. Desde já, a AFBNB manifesta integral desconhecimento sobre o assunto.

Não é a primeira vez que a Associação é vítima da mente criminosa e de interesses obscuros de terceiros, que usam o nome e falsificam documentos da Associação de maneira covarde. Em 2017, as denúncias foram feitas ao Tribunal de Contas da União e à Controladoria Geral da União (CGU). Na época, a AFBNB negou os fatos e exigiu a apuração a fim de descobrir os verdadeiros autores.

Sempre que se faz necessário, a AFBNB se dirige aos órgãos competentes, dentro dos preceitos legais e republicanos, com documentos registrados, numerados a partir de controles internos e assinados por seus representantes legais.

Nesta ocasião, novamente, a Associação enviou ofícios ao Banco e aos órgãos envolvidos esclarecendo que desconhece a denúncia. Além disso, está buscando o encaminhamento jurídico bem como tomando as providências necessárias, inclusive policiais, com registro de boletim de ocorrência.

A AFBNB repudia veementemente o fato e considera no mínimo lamentável o uso por má fé da imagem de uma entidade séria, cuja atuação e razão de ser é defender os direitos dos trabalhadores, o fortalecimento do Banco e o desenvolvimento regional, e que tem o reconhecimento de sua base e de seus pares.

Acesse a versão em PDF desta nota e distribua entre a sua base 

Todo respeito à AFBNB e a seus associados!

Gestão Autonomia e Luta
A AFBNB firme, com resistência e autonomia

 

8 COMENTÁRIOS

    • Prezado José Carlos, o registro feito pelos órgãos (TCU, CGU, Conselho de Administração) foi dando conta da existência de documento contendo denúncia que teria partido da Associação. Não nos informaram sobre o mérito, conteúdo… apenas que o documento estava sem assinatura. Como não se trata de iniciativa de nossa autoria, cumpre-nos registrar desconhecimento e negar o fato. Foi exatamente o que ocorreu de forma peremptória aos respectivos órgãos. No mesmo sentido o fizemos ao presidente do Banco, por ofício e durante reunião realizada ontem. Agora pela manhã diretoria foi à delegacia registrar Boletim de Ocorrência.

  1. Se a notícia é falsa, mesmo que a AFBNB soubesse de seu conteúdo, não caberia à entidade divulgá-la, pois estaria contribuindo para a disseminação de mais uma fake news, mesmo sob o pretexto de negar sua autoria. É o que fizeram, por exemplo, os eleitores do Bolsonaro durante a campanha, reproduziam notícias falsas contra o PT e Haddad-Manuela justificando que “apenas
    estavam repassando”.

  2. Sugiro abertura de um inquérito para ficar claro para os associados que há provas por meio de imagens perante o protocolo desses órgãos de que esses documentos não foram entregues por membro da AFBNB, ou seja, identificação da pessoa que compareceu para entrega.

  3. Providencias devem ser tomadas para que fatos dessa natureza não mais voltem a acontecer.
    O que esta em jogo e toda uma seriedade dos funcionários comprometidos de fato com essa Instituição.
    Lamentável…..

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome