Mercado só abre vagas sem carteira assinada

55

Por mais que a taxa de desemprego tenha caído no trimestre encerrado em novembro, ficando em 11,6%, ante 12,1% do trimestre anterior, o mercado de trabalho abre apenas vagas sem carteira assinada. Outra modalidade que tem aumentado é o trabalho por conta própria. Já os empregos formais, com as garantias da CLT, estão em queda.

De acordo com dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), entre agosto e novembro, o país tinha 1,108 milhão de ocupados a mais no saldo de trabalhadores. Mas, dos postos criados, nenhum foi com carteira assinada.

Já o emprego sem carteira cresceu 4,5%, com acréscimo de 498 mil. E há mais 528 mil trabalhadores por conta própria (2,3%). Cresceu também a taxa de pessoas que desistiram de procurar trabalho. Está estimado em 4,7 milhões, 9,9% a mais do que no ano passado (4,3 milhões).

Os cidadãos que gostariam de trabalhar mais, no entanto não conseguem, que estão na taxa de subutilização da força de trabalho, passaram de 24,4% para 23,9% no trimestre encerrado em novembro.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome