Projeto Roda de Conversa: AFBNB discute o BNB e o desenvolvimento regional no Passaré

97

Nesta quinta-feira (17/4), a AFBNB promoveu mais um encontro do projeto “Roda de Conversa” com funcionários do Banco do Nordeste do Brasil, no Passaré, oportunidade em que os diretores da Associação se reuniram com os trabalhadores para analisar e dividir temas pertinentes sobre o Banco e seu futuro.

A Diretora-Presidente, Rita Josina, começou destacando o cenário da realização de audiências em todo o Nordeste pelo fortalecimento do Banco, como as que serão realizadas em breve em Sergipe e no Estado da Bahia. Rita relembrou a última Audiência Pública realizada na Assembleia Legislativa do Ceará, iniciativa que partiu da AFBNB e comentou as notícias que deram conta da visita da frente parlamentar em defesa do BNB em Brasília esta semana.

As disputas externas e internas também foram ressaltadas na medida em que tendem a fragilizar o Banco. Nesse sentido, a própria fragilização das entidades representativas também causam prejuízo para a luta dos trabalhadores, como no caso da retirada da contribuição com desconto em folha barrada por decreto presidencial.  Sobre isso, a Associação já está tomando medidas cabíveis no sentido de reverter seus efeitos.  Para Rita, “é um momento de grande preocupação. Se fragilizarem as entidades representativas prejudicarão de forma sensível a nossa luta”, completou.

O momento foi também de contextualização sobre a 55ª Reunião do Conselho de Representantes da AFBNB (RCR), com destaque para as deliberações as quais serão encaminhadas às diversas instâncias do Banco, bem como a outros espaços demandados, conforme o caso e/ou direcionamentos. A AFBNB informou que irá realizar novas Rodas de Conversa itinerantes para agregar novos temas e discuti-los com os trabalhadores do Banco.

O Diretor de Comunicação, Dorisval de Lima, reforçou o papel de diálogo da AFBNB no envolvimento da sociedade e em específico internamente ao Banco pelo fortalecimento do BNB, “isso é bom, pois nos dá a consciência de que estamos fazendo o nosso trabalho e cumprindo com o nosso papel”, afirmou. Dorisval ainda destacou que “o trabalho de interlocução também está se dando junto às diversas casas legislativas e destacou  os casos de Espírito Santo e Minas Gerais, haja vista o BNB ter presença marcante e contribuir para a economia dos dois Estados”, destacou.

O diretor de Ações Institucionais, José Frota de Medeiros, enfatizou que é fundamental essa ação da AFBNB na busca de união pelo Nordeste, uma vez que, em que pesem as diferenças políticas, o BNB assim como outras instituições de desenvolvimento são estratégias essenciais que unificam  a sociedade nordestina. Destacou ainda que essa ação deve ser intensificada na perspectiva de fortalecer esses órgãos e resgatar obras importantes de infraestrutura do Nordeste. Concluiu afirmando que a Associação deve insistir e manter a agenda de diálogo com os funcionários do Banco e a sociedade.

A disputa pelos fundos constitucionais também foi pontuada já que há outros interesses nesses recursos em que se insere a operacionalização do BNB. Nesse ponto foi importante a luta da Associação na questão do Veto 22/2018. A Associação seguirá planejando novas ações de diálogo com a base e em breve manterá novas agendas de diálogo e de repasse das deliberações da  RCR nos demais ambientes e unidades do Banco. A luta pelo fortalecimento e preservação do BNB não pode parar!

A AFBNB firme, com autonomia e resistência.

Gestão Unidade e Luta

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome