SEEB e AEBA vão à Brasília defender o BASA e o BNB

41

Representantes do SEEB-MA e da AEBA estiveram nos dias 26 e 27 de junho (quarta e quinta-feira), no Congresso Nacional, em defesa do Banco da Amazônia, do Banco do Nordeste e dos Fundos Constitucionais do Norte (FNO), Nordeste (FNE) e Centro-Oeste (FCO).

Durante a visita, os dirigentes sindicais manifestaram preocupação com os ataques que o Governo Bolsonaro quer impor ao FNO, ao FNE e ao FCO, que podem prejudicar o desenvolvimento econômico e piorar as desigualdades sociais nessas regiões.

De acordo com informações da imprensa, há, também, um grupo de parlamentares interessado em unificar os fundos constitucionais, o que – na prática – acabaria com os fundos de cada região, inviabilizando, assim, a existência do BASA e do BNB, bancos essenciais para o fomento da economia do Norte e Nordeste.

Diante disso, os dirigentes do SEEB-MA, Eloy Natan e Enock Bezerra, além do presidente da AEBA, Sílvio Kanner, se reuniram com o senador Rogério Carvalho (PT-SE) e com os deputados Bira do Pindaré (PSB-MA), Zé Carlos (PT-MA), Airton Faleiro (PT-PA) e Sâmia Bonfim (PSOL-SP), com o objetivo de evitar esse retrocesso.

“Na oportunidade, esses parlamentares se comprometeram a lutar em defesa do FNO, FNE e FCO, bem como do BASA e do BNB, por entenderem a importância desses fundos e dos bancos de fomento para as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Porém, continuaremos alertas contra qualquer tentativa do Governo e do Congresso de desmontar os bancos públicos” – afirmou o presidente do SEEB-MA, Eloy Natan.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome