Sobre o Dia do Aposentado

359

Em 24 de janeiro se comemora o Dia do Aposentado. Hoje, infelizmente pela realidade brasileira, em especial a desse grupo de muito valor e respeito, pela vida dedicada à construção do país, não há muito o que celebrar.

Os aposentados no Brasil passam constantemente a ter os seus direitos e conquistas (previdenciários e de saúde, por exemplo) que construíram ao longo da vida laboral diminuídos, solapados, usurpados pelos agentes e serviçais da ganância do capital.

A política neoliberal levada a efeito pelos governos e com muito mais voracidade pelo atual, como já está anunciado, traça um cenário ainda mais preocupante com a discussão de uma “Deforma” da Previdência que pretende implantar um regime de capitalização da aposentadoria, derrubando a renda dos que se aposentarem a partir de então. Tudo isso para beneficiar o setor financeiro, os rentistas enfim. O modelo já foi aplicado no Chile onde cresce, infelizmente, o número de suicídios de pessoas idosas. Nesse cenário só resta a resistência e a luta dos presentes e futuros aposentados de todo o País de todas as categorias.

Especialmente em relação aos trabalhadores aposentados do Banco do Nordeste do Brasil (BNB), a Associação lembra que sempre esteve aliada aos mesmos, à frente da luta  para reparar as inconsistências existentes na previdência complementar (Plano BD/Capef). Assim enfatiza que, como resultados desta luta, a recente redução das contribuições dos aposentados em 20% representa uma grande conquista, tendo sido a mesma resultado da ação direta das associações (AFBNB e AABNB), bem como a atuação decisiva dos conselheiros eleitos para o Conselho Deliberativo da Caixa de Previdência. Não obstante, a Associação enfatiza que é preciso continuar na luta para a solução plena de todos os problemas ainda existentes.

Nesta data importante, em  que pese as adversidades, a AFBNB considera fundamental prestar sua homenagem aos homens e mulheres que estiveram e os que estão na linha de frente para a construção de uma sociedade justa, por um Nordeste e mundo melhores. Um viva aos aposentados do BNB e de todo o Brasil!

Dignidade Previdenciária Já!

Não à Reforma da Previdência!

Gestão Unidade e Luta

A AFBNB firme, com resistência e autonomia!

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome