Sudene e MDR alinham ações de desenvolvimento

87

O encontro abordou prazos, tramitação e posição atual do processo de construção do Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste (PRDNE), em elaboração pela Sudene. No final de 2018, uma das etapas desse trabalho foi a definição, por parte da Autarquia, de uma agenda estratégica focada no fortalecimento das redes de cidades intermediárias, que são vistas como âncora para os sistemas inovativos e produtivos locais da sua área de influência.

Já a agenda de convergência prevê que sejam direcionados esforços para a competitividade e a qualidade de vida, priorizando temas como semiárido; cultura; água e saneamento; segurança; saúde; educação; infraestrutura; ciência, tecnologia e inovação.

Para dar continuidade a esse trabalho e fortalecer as ações em conjunto, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) está propondo que seja estabelecida uma agenda com objetivos e metas para a Região, que irá anteceder o PRDNE em seu período de tramitação. A equipe do presidente Jair Bolsonaro, incluindo Casa Civil e Presidência da República (PR), vem atuando na elaboração dessa agenda e, para isso, já foi criado o comitê estratégico da PR. A Casa Civil está comandando, na tarde desta segunda-feira (04), uma reunião interministerial com uma pauta voltada para os interesses da Região Nordeste.

O superintendente da Sudene, Mário Gordilho, destacou a importância desse trabalho que vem sendo implementado pelo Governo Federal e enfatizou o compromisso da Autarquia em entregar o plano regional de desenvolvimento em consonância com as políticas nacionais. O gestor defendeu, ainda, que as ações de promoção do desenvolvimento do Nordeste tenham um olhar diferenciado para os municípios com menos de 50 mil habitantes, “que representam 93% da área de abrangência da Superintendência, incluindo o semiárido”. A reunião foi conduzida por João Mendes, representante da Secretaria de Desenvolvimento Regional do MDR.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome