AFBNB Firme na Luta: veja demandas da base encaminhadas ao Banco

616

Nas últimas semanas a AFBNB tem encaminhado diversos documentos à diretoria do BNB no sentido de cobrar demandas dos associados que chegam à entidade. Nesse sentido, a Associação enviou nos últimos dias de junho ofício ao BNB acerca da convocação dos aprovados em concurso, ocasião em que trata da necessidade de um arranjo interno a partir do levantamento das necessidades de remoção, bem como ofício à Camed sobre a possibilidade de uma campanha de vacinação contra a dengue. (Relembre aqui)

Já na última segunda-feira (1º), a entidade novamente fez envio de documento ao Banco sobre a falta de transparência nos processos de comissionamentos e descomissionamentos na Instituição, cobrando ainda que casos em que trabalhadores tenham sido prejudicados pela situação sejam analisados e revistos.

Leia a íntegra abaixo.

Fortaleza, 01 de julho de 2024

À Senhora

Ana Teresa Barbosa de Carvalho

Diretoria de Administração

Banco do Nordeste do Brasil S.A

Nesta

Assunto: Falta de transparência nos processos de comissionamentos e descomissionamento

Prezada Diretora,

Não é de hoje que a Associação dos Funcionários do BNB (AFBNB) problematiza e questiona, impulsionada por relatos de seus associados, os critérios adotados pela gestão do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) no processo de comissionamentos e descomissionamentos.

Sabemos que a função em comissão é transitória, gerida de acordo com os interesses do Banco e muitas vezes utilizada como barganha junto aos trabalhadores. Entretanto, sabemos também que, devido à defasagem do Plano de Cargos, a verba da função acaba por complementar e integrar o padrão remuneratório do trabalhador, que passa a ajustar seu orçamento doméstico contando com o valor da função em comissão.

Dessa forma, entendemos que os critérios para conceder/destituir a função devam ser transparentes, coerentes, entendíveis e de amplo conhecimento de todos, sendo resguardada a condição de que nenhum trabalhador pode perder a função sem justificativa cabível por parte do Banco, até porque o acesso à função precede de preparo, capacitação, experiência, processo de concorrência e dedicação ao exercício. Assim, solicitamos que respectivos descomissionamentos sem as devidas motivações, caso isso tenha ocorrido, sejam analisados e revistos.

No aguardo do encaminhamento de nossa demanda, colocamo-nos à disposição para discutir o assunto.

Atenciosamente,

Rita Josina Feitosa da Silva

Diretora-Presidente

1 COMENTÁRIO

  1. Realmente, esse processo de concessão e retirada de comissionamento, merece discussão e transparência.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome