PL que autoriza abertura dos bancos no fim de semana avança na Câmara

16
 

2021 nao a pl 1043 b441f

A ameaça aos direitos dos bancários voltou a pauta de discussão da Câmara dos Deputados com o avanço do Projeto de Lei 1043/2019, que autoriza o funcionamento das agências bancárias aos sábados e domingos. De autoria do deputado David Soares (DEM/SP), o PL teve parecer favorável à aprovação apresentado pelo relator na Comissão de Defesa dos Consumidores (CDC), o deputado Fabio Ramalho (MDB-MG), e está com o prazo aberto para emendas.

A abertura dos bancos nos sábados e domingos comprometeria o descanso semanal da categoria, além de ameaçar a jornada de trabalho e aumentar a pressão por metas e o adoecimento dos trabalhadores.

A possibilidade de abertura das agências bancárias aos sábados e domingos já foi aventada diversas vezes no Congresso, tanto por meio de projetos de lei, como o PLS 203/2017, quanto por medidas provisórias (MP 881/2019 e MP 905/2019) encaminhadas pelo governo Bolsonaro e foi derrubada graças à pressão dos trabalhadores e seus representantes sindicais.

Agora a categoria precisa ficar ainda mais atenta à tramitação do PL, pois este parece ser um tema prioritário para o governo Bolsonaro, que tem o banqueiro Paulo Guedes como ministro da Economia. Tudo isso para favorecer o sistema financeiro, que já tem lucros bilionários com o funcionamento dos bancos de segunda a sexta-feira.

Vai ser preciso muita luta para derrotar mais esta tentativa de retirada de direitos.

O aumento das ameaças é também uma alerta para os trabalhadores sobre a importância de participar da vida política no país e eleger representantes para a Câmara e o Senado Federal. As reformas trabalhista e previdenciária e todas as medidas de desmonte da legislação trabalhista só foram aprovadas, porque a maioria dos deputados e senadores representam os interesses dos patrões e do capital. Está na hora de mudar essa situação.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome