A AFBNB presente na luta em defesa dos Bancos Públicos

193

A AFBNB participou na manhã de hoje (12) da manifestação contra a reestruturação em curso no Banco do Brasil. O ato foi realizado pelo Sindicato dos Bancários do Ceará na porta da agência Praça do Carmo, no centro de Fortaleza e reuniu trabalhadores e lideranças da CUT, Intersindical, CSP Conlutas e Travessia, etc.

Para o diretor de organização e finanças da AFBNB, Assis Araújo, presente ao ato em representação da AFBNB , “o governo de Bolsonaro está fazendo um ataque no sentido de diminuir salários dos servidores públicos, no caso específico, dos trabalhadores bancários, nivelando tudo por baixo, ou seja, a maioria dos trabalhadores ganhando pouco, o que atende à agenda dos banqueiros e dos donos do capital. Isso não ajuda em nada ao povo, ao contrário! O Banco do Brasil, CEF e BNB são empresas públicas com objetivos sociais que só conseguirão ser alcançados se tiverem trabalhadores valorizados”.

As mudanças anunciadas pelo Banco do Brasil no início do mês afetam o valor das funções em comissão, o plano de carreiras e salários e ainda podem levar à redução da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) paga aos funcionários, tudo dentro de um cenário de ataques do governo federal às instituições públicas, que vêm sendo sucateadas e fragilizadas, a fim de “justificar” a entrega de patrimônio nacional.

Amanhã (13) é dia Nacional de Luta contra a reestruturação da Caixa e em defesa da CEF 100% pública. O Dia Nacional de Luta tem como objetivo reforçar a campanha #ACAIXAÉTODASUA e denunciar os ataques que os trabalhadores estão sofrendo diante das reestruturações anunciadas na CAIXA.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome