Bancários aprovam a minuta de reivindicações 

36

Postado dia: 13/06/2022 – 10:14

Os bancários sabem a importância da mobilização para garantir a manutenção dos direitos. O plano de lutas e a minuta de reivindicações foram aprovados pela categoria na 24ª Conferência Nacional, neste domingo (12/06). Aumento real de 5% nas cláusulas econômicas, manutenção do emprego e dos direitos, combate ao assédio moral, saúde e condições de trabalho, igualdade de oportunidade e teletrabalho são as prioridades.

Diariamente, os bancários dão duro nas agências, mas não são valorizados. O lucro exorbitante dos bancos comprova que a categoria tem condições de conseguir aumento real nos salários e manter todos os direitos previstos na Convenção Coletiva de Trabalho em vigência. Entre o final de março de 2021 e o final de março de 2022, Caixa, BB, Bradesco, Itaú e Santander lucraram R$ 27,6 bilhões.

Na consulta nacional, com a participação de mais de 35 mil trabalhadores de todo o país, também apontaram a necessidade da luta para a construção de um Brasil sem fome, com equidade, emprego digno e salário justo, mais investimentos em saúde e educação, democracia, soberania e valorização das s estatais e bancos públicos.

Agora, a minuta de reivindicações e as resoluções serão analisadas em assembleias. De forma virtual, os bancários da base do Sindicato dos Bancários da Bahia participam da assembleia nesta terça-feira (14/06), das 8h às 20h, no site www.bancariosbahia.org.br. Após a aprovação, o documento será entregue à Fenaban (Federação Nacional dos Bancos), nesta quarta-feira (15/06), pelo Comando Nacional.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome