Brasil mobilizado contra a terceirização

265


O ano de 2017 tem sido dureza. Se o brasileiro quiser garantir os direitos, não pode vacilar um só dia. As atenções nesta semana se voltam para o projeto de lei que libera a terceirização nas relações de trabalho. 



O presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ), quer votar o projeto de lei que libera a terceirização nas relações de trabalho nesta terça-feira (21/03). Mas, não será tão fácil.



Os trabalhadores preparam uma forte reação. Também nesta terça-feira (21/03) realizam atos nos principais aeroportos do país, para conversar com os parlamentares que seguem para Brasília. A intenção é pressionar para que votem contra, afinal a eleição de 2018 já bate na porta. 



A proposta acaba com a CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas), como férias, seguro-desemprego e 13º salário, reduz a remuneração e enfraquece as mesas de negociações das categorias. É fundamental pressionar para evitar o pior. 


Source: SAIU NA IMPRENSA – 600

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome