Cai o número de aumento real dos salários

34

Os trabalhadores sentem os reflexos da política do governo Bolsonaro no bolso. Os salários estão achatando. Levantamento da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) revela que apenas 49,4% das negociações realizadas no ano passado resultaram em aumento real de salário, ou seja, tiveram ganho acima da inflação.

Em 2018, mesmo com o governo neoliberal de Michel Temer, 75,5% das negociações conquistaram aumento real, segundo a Fipe. Para os especialistas, a queda dos salários e de direitos tem a ver com a política econômica neoliberal e entreguista intensificada pelo governo Bolsonaro, que coloca os interesses do mercado em primeiro lugar.

Os bancários estão entre os poucos que tiveram reajuste superior à inflação. A categoria garantiu na campanha salarial de 2018 aumento real e ainda a manutenção de todos os direitos. Neste ano, tem nova campanha e a categoria deve se manter unida ao Sindicato, para evitar perdas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome