Crescem denúncias de assédio em agências digitais

238


O Itaú é um dos bancos que mais investe em transações por meios digitais. Para dar uma ideia, o número de agências digitais passou de 34 em março de 2015 para 144 em março de 2017. Da mesma forma, as denúncias sobre assédio moral nessas unidades têm aumentado. E com um sério agravante: o banco não autoriza a entrada de dirigentes nessas agências, o que dificulta a apuração dos casos.

De acordo com as denúncias, os bancários dessas agências acabam fazendo serviço de teleatendimento. Mas, ao contrário dos trabalhadores de call center, que têm por lei uma jornada de seis horas, nas agências digitais chegam a cumprir oito horas. É um trabalho desgastante e, como se não bastasse, ainda tem a cobrança pelo cumprimento de metas abusivas. O resultado é que o bancário acaba adoecendo e se afastando por licença médica. E a maioria dos casos relatados envolve funcionários que se afastaram e na volta são discriminados, isolados, o que é inadmissível.

Se você for vítima desse abuso, denuncie ao Sindicato!


Source: SAIU NA IMPRENSA – 300

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome