Mais de 1,5 mil denúncias de assédio

263


O dado é preocupante e revela um ambiente de trabalho degradado. Em 2016, foram registradas 1.503 denúncias de assédio moral nas agências bancárias. Dessas, 1.325 foram encaminhadas pelos canais internos dos bancos e 178 pelos sindicatos. 



O número deixa ainda mais claro ser fundamental aprimorar as políticas de prevenção e combate ao assédio moral. A Fenaban (Federação Nacional dos Bancos), no entanto, resiste. A justificativa é a pior possível. Alega falta de consenso das empresas sobre o assunto.



Entre as propostas dos bancários, redução do prazo para apuração da denúncia de 45 para 30 dias, pois um grande número de funcionários adoecem vítimas de assédio. 



As empresas também mostram resistência em atender a demanda, cobrada na reunião de Comissão Bipartite de Saúde do Trabalhador. A categoria, no entanto, vai cobrar no próximo encontro, marcado para maio. 


Source: SAIU NA IMPRENSA – 600

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome