Negociação, segunda-feira, trata sobre a saúde

7

 

O ambiente competitivo nos bancos, reestruturações, demissões, fechamento de agências e corte de função, atrelado à redução salarial, contribuem, e muito, com o adoecimento. A pressão para cumprimento de metas inatingíveis e o assédio moral colaboram ainda mais para um ambiente de trabalho adoecedor.

No intuito de cobrar das empresas um ambiente saudável, com atenção especial para a saúde e melhores condições de trabalho, o Comando Nacional dos Bancários senta novamente para negociar com a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos), nesta segunda-feira (01/08), às 10h.

Além das LER/Dort’s, a rotina estressante do dia a dia tem acometido os bancários com diversos transtornos psíquicos como resultado da pressão por metas, assédio e medo de ser demitido. Ansiedade, síndrome do pânico, depressão e síndrome de Burnout são os principais.

Pesquisa da Fenae apontou que 65% dos empregados da Caixa possuem colegas que estão passando por depressão, angústia ou pânico causados no ambiente de trabalho. Preocupante.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome