Plataforma vai disponibilizar soluções tecnológicas para o desenvolvimento sustentável no Semiárido

37

O projeto tem o objetivo de alavancar o desenvolvimento regional sustentável com serviços e produtos criados por institutos de ciência e empresas de tecnologia

Está em construção uma plataforma digital que vai agregar soluções tecnológicas para a convivência com o Semiárido. Com o objetivo alavancar o desenvolvimento regional sustentável, a  Plataforma Sabiá vai disponibilizar serviços e produtos criados por institutos de ciência e tecnologia, além de empresas de startups de base tecnológica.

A região que registra altas temperaturas, chuvas escassas e longos períodos de estiagem contará com um cronograma de implantação com a inserção de startups, capacitação de pessoas e certificação de empresas, além da fomentação de novas técnicas de inovação para as escolas agrárias do país e até financiamento de algumas empresas incubadas para que elas façam as aplicações das tecnologias no campo.

A plataforma é um projeto estratégico da Rota da Economia Circular, iniciativa da Rota de Integração Nacional, desenvolvida pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDE). Em parceria com a Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa), o projeto receberá um investimento federal de R$ 1 milhão.

O objetivo é promover o consumo consciente e sustentável, além da gestão de energias renováveis. A expectativa é que o painel digital seja lançado ainda em 2020 e que também seja criada uma versão para aplicativo de celular.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome