Propaganda enganosa: Justiça manda tirar do ar inserção de Temer sobre reforma da Previdência

248


A peça publicitária diz que a reforma da Previdência “combate privilégios”, o que para os autores da ação, é propaganda enganosa.


“A campanha não divulga informações a respeito de programas, serviços ou ações do governo, visto que tem por objetivo apresentar a versão do executivo sobre aquela que, certamente, será uma das reformas mais profundas e dramáticas para a população brasileira”, escreveu a juíza Rosimayre Gonçalves de Carvalho, da 14ª Vara Federal em Brasília, ao determinar a suspensão de veiculação da propaganda. A multa diária por descumprimento é de R$ 50 mil.


A Advocacia Geral da União (AGU) informou que vai recorrer


.


Source: SAIU NA IMPRENSA

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome