SEEB-MA manifesta seu apoio ao movimento nacional dos caminhoneiros

300

O Sindicato dos Bancários do Maranhão (SEEB-MA) vem, por meio desta, manifestar seu apoio ao movimento nacional dos caminhoneiros que lutam – de maneira legítima – pela redução do preço dos combustíveis e por condições dignas de trabalho.

O SEEB-MA repudia, ainda, a atitude autoritária do Governo Temer de enviar o Exército para desobstruir as vias federais, com o uso da força, ao invés de atender as justas reivindicações dos trabalhadores.

Vale ressaltar que os grandes vilões desse movimento não são os caminhoneiros, mas o próprio Governo e a direção da Petrobras, que – através de sua política de liberação de preços – fez com que o valor dos combustíveis subisse 16 vezes nos últimos 30 dias, prejudicando não só os caminhoneiros, mas toda a população brasileira, que depende, também, da gasolina e do gás de cozinha.

Diante de mais esse ataque do Governo Temer, o SEEB-MA defende a organização de uma nova GREVE GERAL, que reúna todas as centrais e a classe trabalhadora em geral.

A pauta de reivindicações dessa paralisação nacional deverá incluir o congelamento dos preços dos combustíveis; a revogação da Reforma Trabalhista (grande responsável pela exploração, perda de direitos, precarização e “pejotização” do trabalho dos caminhoneiros e, num futuro próximo, de todos os trabalhadores), além de uma ampla Reforma Tributária, com a atualização da tabela do Imposto de Renda, que faça os mais ricos pagarem mais impostos que os mais pobres, o que está longe de acontecer, hoje, no Brasil

Ante todo o exposto, o SEEB-MA conclama todas as centrais sindicais, bem como todos os trabalhadores para unificarem a luta contra a intervenção do Exército; em apoio ao movimento dos caminhoneiros; em defesa das estatais; contra as privatizações; contra o desemprego; pela revogação da Reforma Trabalhista; por salários e condições dignas de trabalho e, sobretudo, pelo FORA TEMER!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome