SEEB na luta contra a CGPAR 42 e a retirada de direitos!

55

A Resolução é mais um ataque do Governo Bolsonaro, que visa retirar direitos dos bancários.

Ascom/SEEB-MA

O SEEB-MA solicitou o apoio do Deputado Bira do Pindaré e de toda a bancada maranhense, no Congresso Nacional, na luta contra a Resolução 42 da CGPAR.

Afinal, trata-se de mais um ataque do Governo Bolsonaro, que visa retirar direitos dos bancários da Caixa, do Banco do Brasil, do Banco do Nordeste, do BASA e de empregados de outras estatais.

A Resolução ameaça os anuênios, quinquênios, planos de saúde, empréstimos pecuniários e incorporação da remuneração dos trabalhadores. Um absurdo!

Em resposta, Bira do Pindaré se comprometeu a conversar com a bancada federal maranhense de modo a apoiar o Projeto de Decreto Legislativo (PDL) 324/2022, de autoria do Deputado Daniel Almeida (PCdoB/BA), a fim de suspender os efeitos dessa Resolução, que visa prejudicar ainda mais os empregados das estatais.

“Vamos atuar, mais uma vez, para que essa medida cruel de Bolsonaro seja derrubada, conforme aconteceu com a Resolução 23 da CGPAR, que atacava os planos de saúde dos bancários, como o Saúde Caixa, mas foi anulada pelo PDL 342/2021. Lembramos, ainda, que estamos na luta, em conjunto com o Deputado Zé Carlos e com a bancada federal, para sustar, também, a CGPAR 25, que ameaça os fundos de pensão dos trabalhadores das estatais. Estamos confiantes na vitória! Abaixo as Resoluções 42 e 25 da CGPAR. Fora Bolsonaro! Por nenhum direito a menos, a luta continua” – afirmou o presidente do SEEB-MA, Dielson Rodrigues.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome