Setembro Amarelo ganha maior relevância na pandemia

41

setembro amarelo 2020 c758c
Neste ano, a campanha do Setembro Amarelo, que conscientiza a população sobre a prevenção ao suicídio será marcada pela pandemia do novo coronavírus. Dentro dessas condições, onde o isolamento social é essencial parta conter o avanço da doença, é preciso estar atento as questões ligadas à saúde mental.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a cada 40 segundos, uma pessoa morre por suicídio no mundo. No Brasil, os casos oficiais passam de 12 mil, mas sabe-se que esse número é bem maior devido à subnotificação. Desse total, cerca de 96,8% estão relacionados a transtornos mentais como, por exemplo, depressão e transtorno bipolar. Diante destes números, neste ano a campanha alerta: “É preciso agir!”

No Brasil, o CVV (Centro de Valorização da Vida) ajuda na prevenção do suicídio. Através do site www.cvv.org.br, ou por ligações gratuitas no número 188, pessoas de todo o país podem buscar ajuda. O CVV, que atua em parceria com o Sistema Único de Saúde (SUS), faz os atendimento em total sigilo.

Em casos de emergência, a SAMU, através do número 192, deve ser acionada. Em casos de salvamento, os bombeiros devem ser acionados no número 193. Além disso, é imprescindível a busca por psicólogo, psiquiatra ou um grupo de apoio.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome