Temer quer cortar funcionários no BB

240


Mesmo desgastado e com os dias contados, Temer não cessa os ataques aos trabalhadores. O alvo agora é o funcionário do Banco do Brasil. O governo anunciou que vai reduzir o quadro de pessoal à 106.659. A medida é parte do desmonte da empresa, para posterior venda.


 


Recentemente, o quadro de bancários da instituição financeira foi drasticamente reduzido, em decorrência do PEAI (Programa Extraordinário de Aposentadoria Incentivada). Quase 10 mil funcionários aderiram ao plano de deixaram o BB.


 


Sem a reposição, o que era ruim, piorou. É muito cliente para pouco bancário. O caos é generalizado e os trabalhadores ficam ainda mais sobrecarregado. Importante destacar que, somente com a arrecadação de tarifas, o BB cobre em 115% as despesas com pessoal. Crescimento de 13,5 pontos percentuais entre março de 2016 e o mesmo período deste ano. Ou seja, dinheiro não é problema, mas não interessa ao governo Temer que, neste caso, atende apenas aos interesses do grande capital financeiro. 


 


 


Source: SAIU NA IMPRENSA – 400

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome