Um grande risco aos bancos públicos

227


A terceirização irrestrita é só prejuízo aos trabalhadores. Os concursos para os bancos públicos, por exemplo, estão ameaçados, já que os serviços poderão ser terceirizados. 


Da forma como foi aprovado pela Câmara Federal, a proposta não específica que apenas as empresas privadas estão liberadas para contratar terceirizados em todas as atividades. Ou seja, a lei dá margem para que também a administração pública direta, inclusive os bancos, possa terceirizar setores essenciais. 


Vale lembrar que os bancos públicos são responsáveis por deter um número de funcionários maior do que os privados. No BB e na Caixa, por exemplo, o quadro de pessoal fica em torno dos 100 mil e 94 mil, respectivamente. Já o Bradesco possui cerca de 89 mil funcionários, o Itaú, 82 mil, enquanto o Santander, 50 mil. 


Se hoje, concursos nas empresas públicas já foram cancelados, com a entrada de terceirizados em setores internos e agências, o problema vai se agravar. A conta é simples. Para cada terceirizado que entra, é um concursado a menos. É mais um ataque do governo Temer. 


Source: SAIU NA IMPRENSA – 500

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome