1,5 mil agências bancárias foram fechadas em 2017

244


Os bancos, que em 2017 lucraram mais de R$ 50 bilhões, não têm nenhum compromisso com o Brasil e os dados confirmam. Em apenas 12 meses, 1.500 agências foram fechadas no país. Medida que prejudica a população, sobretudo do interior, e ainda o desenvolvimento, já que, junto com as unidades, as empresas também cortam postos de trabalho.

O Banco do Brasil lidera a lista dos que mais fecharam agências no ano passado, no total 670. A justificativa dada pelo governo é que precisa reduzir custos e aumentar a eficiência. 

Mas, a medida faz parte do processo de desmonte, uma das etapas para privatizar o BB. Tanto que, o número de funcionários também caiu em cerca de 10 mil, decorrente do plano de demissão voluntária (PDV). Tudo isso, prejudica o país e a população, cada vez mais carente de atendimento humanizado.

O levantamento do Banco Central tem ainda outras organizações financeiras. O Bradesco é o segundo entre os que mais fecharam unidades bancárias, 564. Completam a lista, Itaú (125) e Caixa (18). 


DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome