Bancários cobram medidas rígidas contra Covid-19

12

 

O Brasil registra quase 270 mil mortes por Covid-19 e o governo Bolsonaro não só faz pouco caso, como ainda estimula o cidadão a não usar máscara e desrespeitar o isolamento. Diante do cenário gravíssimo, o Comando Nacional dos Bancários reivindica à Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) o reforço das medidas de proteção à categoria contra o coronavírus.

Os representantes dos trabalhadores querem a redução do horário de funcionamento das agências, a ampliação do número dos empregados em teletrabalho, barreiras de acrílicos nas unidades e o fornecimento de equipamentos de proteção pessoal adequados.

A expectativa é de que a Federação dê uma resposta durante reunião virtual, nesta quinta-feira (11/03), às 15h30. O Comando ainda reivindica a testagem de todos os funcionários dos bancos e a inclusão dos bancários no grupo prioritário para vacinação, uma vez que atuam na linha de frente.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome