Brasil tem democracia com maior declínio no mundo

11

O Brasil foi o país que registrou o maior declínio no que se refere aos atributos democráticos em seu regime político. É o que revela relatório divulgado pelo Instituto para a Democracia e Assistência Eleitoral (IDEA, na sigla em inglês), sediado em Estocolmo, Suécia.

Desde o golpe jurídico-midiático-parlamentar de 2016, o Brasil tem sido marcado por atrasos. Nos últimos cinco anos, a democracia brasileira teve piora no maior número de fatores que medem a qualidade do regime democrático. Os retrocessos aconteceram em oito aspectos: liberdades civis, independência do Judiciário, integridade da imprensa e liberdade de expressão.

De acordo com o relatório do IDEA, os indicadores do Brasil tiveram melhoria consistente nas décadas de 1990 e “sobretudo” na de 2000. Porém, ainda segundo o documento, a piora foi “exacerbada” com a posse de Jair Bolsonaro, em 2019.

O relatório destaca ações e declarações de Bolsonaro que atacam a democracia, como o questionamento ao sistema eletrônico de votação e a atuação do Supremo Tribunal Federal. O documento diz que o presidente “testou explicitamente as instituições democráticas brasileiras, acusando ministros do Tribunal Superior Eleitoral de se prepararem para conduzir atividades fraudulentas relacionadas às eleições de 2022 e atacando a mídia”.

Desde 2019, Bolsonaro coleciona falas que objetivam enfraquecer os direitos fundamentais, as instituições democráticas e o Estado de Direito. O presidente governa na base do autoritarismo.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome