Caixa destinou R$ 85,2 bilhões ao financiamento da casa própria no semestre, alta 15%

38

A Caixa informou que, neste primeiro semestre de 2023, registou um crescimento anual de 15,3% no volume de concessões de crédito imobiliário com recursos da poupança e do FGTS, que possuem as menores taxas no mercado. Ao todo, foram direcionados 85,2 bilhões no período para financiamento da casa própria, sendo R$ 44,4 bilhões pelo FGTS e outros R$ 40,8 bilhões na modalidade SBPE (Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo).

Segundo o banco estatal, 1,3 milhão de pessoas foram beneficiadas com 328,8 mil imóveis nos seis primeiros meses do ano. O saldo positivo foi de 31 mil unidades financiadas a mais em relação ao primeiro semestre de 2022.

Desse total, 7.482 unidades faziam parte do Programa Minha Casa, Minha Vida Faixa 1, que alcançou 30 mil pessoas em 16 estados. Desde o início do atual governo, o programa de habitação passou por mudanças e incentivos para voltar a crescer. Único a realizar operações do programa, o banco reforçou que mantém 67% da fatia do mercado de crédito imobiliário nacional.

Também foi comunicado que outros 1.047 empreendimentos foram contratados no período, somando 150,4 mil unidades em produção para o Minha Casa Minha Vida. “Em relação aos empreendimentos que estavam paralisados desde 2016, a Caixa já retomou as obras de 9.565 unidades habitacionais em 12 estados”, informa nota à imprensa.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome