Com Temer, renda dos brasileiros cai 11%

244


O brasileiro sente no bolso os reflexos da crise iniciada por Aécio Neves quando perdeu a eleição presidencial, em 2014, e prosseguida por Eduardo Cunha, que começou o processo ilegal de impeachment de Dilma Rousseff, e Michel Temer, hoje presidente. 


Desde o fim de 2014, a renda da população encolheu 11%, aponta cálculo da LCA Consultores. Isso explica a sensação de perda de bem-estar e o orçamento sempre apertado da maioria dos trabalhadores. A renda já não dá mais para suprir a demanda de uma família no mês.


Nem mesmo os sinais de recuperação da atividade econômica ajudam a melhorar o cenário. O poder de compra do consumidor caiu. O salário não acompanha a alta dos preços dos produtos. A nova realidade tem obrigado o brasileiro a refazer os planos, como uma viagem ou a compra de um imóvel. 


O pior é que não há perspectivas de melhoras. O estudo revela que, mesmo com as projeções mais otimistas sobre o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto), o trabalhador sentirá os reflexos da crise por, pelo menos, cinco anos. 


 


Source: SAIU NA IMPRENSA – 400

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome