Diretores apresentam AFBNB a novos funcionários

234



Funcionários recém ingressos no BNB conheceram um pouco mais da Associação dos Funcionários do BNB (AFBNB) na manhã de hoje, durante seminário de integração no Passaré, em Fortaleza. A presidente Rita Josina e os diretores Dorisval de Lima e José Frota de Medeiros apresentaram as principais bandeiras de luta e fatos marcantes das quase três décadas de existência da entidade e reforçaram em todos a importância de se organizarem enquanto trabalhadores.


Os diretores contextualizaram o surgimento da entidade, a partir de ameaças sofridas pelo BNB e a primeira grande vitória à época: o FNE e a operacionalização pelo BNB. De lá para cá foram inúmeras as conquistas institucionais e as batalhas travadas visando fortalecer o BNB enquanto instituição de desenvolvimento. Os diretores relataram como exemplo a articulação que vem sendo feita pela AFBNB junto à Bancada do Nordeste para que os parlamentares apresentem emenda à Medida Provisória que cria o Fundo de Energia do Nordeste (MP 677) de forma a assegurar ao BNB ser o administrador dos recursos. Uma emenda nesse sentido já foi apresentada.


Mas a luta da AFBNB não se encerra nas questões institucionais  e isso foi bem explicitado aos novos funcionários.  As questões trabalhistas formam o outro pilar de sustentação da Associação. Os diretores destacaram que a defesa dos interesses de sua base e da própria instituição – no caso das denúncias feitas pela AFBNB de corrupção no Banco, que resultaram em mudanças na gestão –  incomoda o patrão (Banco/Governo Federal) e isso gera conseqüências para a entidade, a exemplo do bloqueio sofrido pelas mensagens enviadas via email. Mas isso não é problema. “Se incomodar é defender os trabalhadores, vamos continuar incomodando”, reforçou a presidenta Rita Josina.


Os dirigentes citaram algumas das ações judiciais em trâmite (acúmulo de cargos, já vitoriosa, e contra a Camed), abordaram as Reuniões de Conselho de Representantes (RCR) e convidaram todos à participação. “É importante fortalecer os sindicatos e a associação, nos reconhecer como trabalhadores e nos somarmos à luta por melhores condições de vida e de trabalho”, reforçou o diretor Dorisval de Lima. 


Source: Notícias – 600

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome