Entidades cobram empenho dos bancos para vacinação dos bancários

6

 

2021 vacina ja bancarios d53e7

As entidades sindicais estão mobilizadas para conseguir a inclusão dos bancários na lista de prioridades para a vacinação contra a Covid-19. O Comando Nacional dos Bancários enviou ofício ao Ministério da Saúde com a solicitação, enquanto sindicatos e federações tentam a mesma coisa nos planos estaduais e municipais.

Do outro lado, os bancos não têm feito o mesmo esforço pela vacinação dos funcionários, mesmo o sistema financeiro tendo relação próxima com o presidente Jair Bolsonaro. “Os representantes dos bancos vão jantar, fazem lives com o Bolsonaro, nas quais discutem a venda de empresas públicas, inclusive dos bancos públicos, tratam de assuntos do interesse deles como essa reforma tributária e a administrativa, para acabar com a estabilidade dos servidores e funcionários das empresas públicas, mas não tratam de priorizar a categoria bancária para tomar a vacina”, criticou a coordenadora do Comando, Juvandia Moreira.

A atividade bancária é considerada essencial nos termos do Decreto n° 10.282 de 20 de março de 2020, alterado pelo Decreto n° 10.329 de 28 de abril de 2020, que regulamenta a Lei n° 13.979 de 6 de fevereiro de 2020 e tem por finalidade atender às demandas de todos os clientes, usuários dos serviços e de toda a sociedade, inclusive dos beneficiários das políticas públicas vigentes, como o auxílio emergencial.

Por serem essenciais para o funcionamento da sociedade, os funcionários dos bancos mantiveram o atendimento à população mesmo durante os piores momentos da pandemia. Isso custou a saúde e a vida de muitos bancários. O que as entidades sindicais defendem é que todos os trabalhadores dos bancos – bancários, vigilantes e terceirizados – sejam reconhecidos vacinados na etapa 4 do Plano Nacional de Imunização (PNI).

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome