Muitos transtornos em agência do BB

215


A agência do Banco do Brasil Cidade Alta, no Centro de Salvador, é o retrato fiel do que a empresa está se tornando com o desmonte promovido pelo governo Temer. O sucateamento causa sérios transtornos aos clientes. Todo início de mês é a mesma coisa. A confusão se instala na unidade.


O sistema de refrigeração funciona muito mal e os terminais eletrônicos sempre apresentam problemas, principalmente os de biometria. Muitos não leem a digital do cliente. Outros, sempre estão indisponíveis.


Os problemas não terminam por aí. É comum o cliente tentar sacar dinheiro e não conseguir porque o autoatendimento está inoperante. Dificuldade também para fazer pagamento. Constantemente dá erro de leitura. Com poucos terminais funcionando efetivamente, as filas fazem caracol. 


Os caos se estende ao interior da agência. O número de funcionários é extremamente reduzido para a demanda, muito elevada. É humanamente impossível dar conta de tanto atendimento. 


O pior é que a direção do BB não pensa em contratar. Pelo contrário. No fim do ano passado, quase 10 mil bancários deixaram o banco em decorrência do plano de aposentadoria. 


Source: SAIU NA IMPRENSA – 400

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome