Quinta é dia de luta nacional conta a PEC 32

4

O serviço público não pode ser atingido pela reforma administrativa que o governo Bolsonaro tenta impor. Nesta quinta-feira (28/10), acontece um grande ato nacional para contra a proposta que ameaça os direitos dos trabalhadores e compromete os serviços prestados à população. A ideia será pressionar os deputados federais a rejeitarem a PEC 32.

O governo Bolsonaro tem consciência que a proposta pode ser derrotada, mas tenta de toda forma convencer a base para acatar o projeto nefasto. Diante do fato, é preciso aumentar a luta e a pressão contra a reforma administrativa, esclarecendo as perdas imensuráveis caso seja aprovada.

A convocação é que todo trabalhador e usuário dos serviços públicos estejam engajados para mobilização. A programação conta com ações virtuais e presenciais, para reforçar a luta contra e esclarecer a população sobre os danos que a medida causa.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome