SEEB-MA volta a cobrar o fim da revista de funcionários

226

O SEEB-MA volta a cobrar o fim da revista indiscriminada de sacolas e mochilas de funcionários, nas agências do Bradesco, em São Luís.

De acordo com o diretor Cláudio Costa, esse procedimento não está previsto nos acordos coletivos da categoria nem foi previamente discutido com o Sindicato ou mesmo com os empregados, configurando assédio moral.

“É descabida a revista dos empregados sob a alegação de reforçar a segurança, tendo em vista que a maioria dos revistados não tem acesso à tesouraria das agências. Exigimos que o Bradesco adote outros procedimentos de segurança, que não exponham os trabalhadores a essa situação constrangedora” – reivindicou o diretor.

Caso o banco não se abstenha dessa prática abusiva de imediato, o SEEB-MA realizará manifestações nas agências da Capital e tomará as medidas judiciais cabíveis.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome