Senado suspende reforma trabalhista

241


Por conta da crise institucional do governo, a tramitação da reforma trabalhista no Senado foi suspensa temporariamente. Antes do escândalo da denúncia de que o presidente Michel Temer teria dado aval à compra do silêncio do ex-presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha, o relatório da CAE (Comissão de Assuntos Econômicos) seria apresentado na próxima semana. 



O objetivo era votar a reforma entre 12 e 15 de junho. Segundo o relator da proposta no Senado, Ricardo Ferraço (PSDB-ES), “não há como desconhecer um tema complexo como o trazido pela crise institucional. Todo o resto agora é secundário”. As forças progressistas, portanto, ganham fôlego para ampliar a luta contra o governo, estremecido pelo escândalo. 

 


Source: SAIU NA IMPRENSA – 400

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome