Todo apoio às lutas dos Trabalhadores! Viva o 1º de maio!

313



Fonte da imagem: blog envolverde.com.br


 


 


Refletir sobre o “1º de maio” na atual conjuntura socioeconômica do país onde predominam ameaças e ataques aos trabalhadores é ao mesmo tempo um direito e uma obrigação de todos. Historicamente, a resistência e o combate às agressões do capital aos que vendem sua força de trabalho se traduzem como motor de muitas conquistas. É preciso estar de pé, convicto da necessidade de enxergar nos valores morais direito e – que visem à igualdade de oportunidades, à fraternidade e à solidariedade de classe – a matriz balizadora da conscientização do verdadeiro significado de ser trabalhador.


Não se pode aceitar, por exemplo, o argumento de que há qualidade de vida, quando o que se vê é uma massa de trabalhadores em realidade extremamente oposta à pequena parcela que concentra riquezas e recursos, bem- estar, saúde e melhores condições de vida, frutos do suor e esforços extorquidos dos empregados.  


Ao longo dos seus 29 anos de lutas a AFBNB tem cumprido seu papel enquanto entidade de classe dos trabalhadores do BNB, seja com bandeiras que vão ao encontro da demanda específica dos funcionários do Banco, seja pela solidariedade e contraposição aos ataques patronais à classe trabalhadora. Assim, nos últimos dias a Associação tem intensificado sua luta contra o PL 4330, da precarização do trabalho, travestido em forma de “regulamentação das terceirizações”, e também contra as Medidas Provisórias (MPs) 664/665, que atentam contra conquistas dos trabalhadores. A participação em mobilizações nacionais, a divulgação em seus veículos de comunicação – a exemplo do site, de matérias que fundamentam as consequências danosas caso o referido projeto seja aprovado e se torne lei – o diálogo com a base, bem como a busca de interlocução com parlamentares, são exemplos de inciativas que a entidade tem tomado no sentido de se somar ao movimento sindical na perspectiva de impedir essa tentativa de usurpação de direitos conquistados com muita luta.


Para Waldenir Brito, Diretor da AFBNB, o 1º de maio é um momento privilegiado para intensificar as verdadeiras informações, a conscientização e a mobilização dos trabalhadores da classe trabalhadora em defesa dos direitos sociais, da democracia e da soberania nacional. “Enfrentamos um sério risco de retrocesso, e batalhas políticas decisivas estão em curso e a caminho. Os trabalhadores precisam ser sujeitos de sua história! A Luta continua!”, asseverou.


A AFBNB enfatiza que ao passo em que existem razões para celebrar o Dia do Trabalhador, há muito para se conquistar. Neste sentido, parabeniza todos os trabalhadores por sua garra, fé no amanhã e convicção da necessidade de um mundo justo. Por isso, conclama à continuidade das ações que visam à proteção e à valorização da classe trabalhadora. O espírito de solidariedade de classe e de mobilização para as lutas é da ordem do dia.


Neste 1º de maio, dia dedicado mundialmente aos trabalhadores, como marco das lutas pelas suas bandeiras históricas e imediatas, a AFBNB reitera o seu princípio da solidariedade de classe e sua disposição de marchar junto aos movimentos sociais e sindical combativos no enfrentamento aos ataques que a classe vem sofrendo, pela manutenção dos seus direitos e por mais conquistas. Assim, enfatiza: Não ao PL 4330! Não à precarização do trabalho! Não às MPs 664 e 665! Nenhum direito a menos. Só a luta muda a vida!



“Trabalhadores do mundo todo, uni-vos”. (Karl Max)


 AFBNB ao lado dos trabalhadores.


Gestão Autonomia e Luta 


 


Source: Notícias – 600

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome