AFBNB aborda expectativas para o BNB no novo Governo em programa

104

O diretor de comunicação da AFBNB, Dorisval de Lima, participou na manhã de hoje (19/12) do Programa Café com Democracia, apresentado pelo jornalista Alberto Perdigão, que abordou o papel do BNB no futuro governo. O Programa, produzido pela TV Atitude Popular, é transmitido ao vivo pelo facebook, youtube e retransmitido para uma rede de rádios.

Em sua intervenção inicial, Dorisval de Lima afirmou diz que da mesma forma que todo órgão público constituído para promover políticas públicas, o BNB tem um papel fundamental em qualquer situação e em qualquer conjuntura e que, mesmo em condições adversas a instituição tem dado resposta, mas que podem ser ampliadas. O dirigente falou da expectativa de que, no governo Lula, o Banco tenha condições de contribuir para a retomada do crescimento da economia, da distribuição de renda e para a ampliação do crédito aos pequenos produtores de forma a promover inclusão social.

Dorisval acredita na retomada da essência de órgão público, reforçando as bandeiras defendidas pela AFBNB: aumento da capilaridade do BNB com abertura de novas agências; realização de concurso público; convocação dos aprovados; capacitação dos técnicos.
“A Associação é contra toda e qualquer medida que desestabilize instituições públicas”, afirmou, citando ataques permanentes ao longo do governo Bolsonaro aos órgãos públicos e aos trabalhadores, citando como exemplo as resoluções CGPAR 23 – cuja luta foi travada pela AFBNB tanto no campo político quanto jurídico -; a CGPAR 42 e mais recentemente a CGPAR 43, editada no início de dezembro com o objetivo de regulamentar os planos de demissão voluntária, estabelecendo a não reposição das vagas.

O diretor relembrou ainda a MP 1052, editada também no atual governo e que traria danos irreversíveis ao BNB caso fosse implementada, o que não ocorreu devido à mobilização e articulação da AFBNB e de outros setores da sociedade.

Sobre a contribuição ao Presidente eleito, Dorisval destacou a publicação elaborada pela entidade e enviada tanto aos candidatos, no primeiro turno, como à equipe de transição e parlamentares eleitos. O documento “Diretrizes para uma Política de Desenvolvimento Nacional Sustentável – Documento à Presidência da República” está disponível aqui colocar link). “A AFBNB tem essa marca em sua trajetória de luta de estar sempre suscitando o debate, colocando em pauta questões relacionadas ao desenvolvimento”.

Perfil defendido para a presidência do BNB, política de microcrédito, problemas internos a exemplo da impossibilidade de aposentadoria por parte dos beneficiários do plano BD da CAPEF foram outros assuntos abordados no programa, que contou com comentários do ex-funcionário do BNB e ex-dirigente sindical, Sousa Júnior.

Para assistir o programa na íntegra, acesse

https://www.youtube.com/watch?v=3vk13Q1JCK0

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome