AFBNB participa de Congresso Estadual dos Bancários do Maranhão

27

Em atendimento ao convite da Diretoria do Sindicato dos Bancários do Maranhão, o diretor de comunicação da AFBNB, Dorisval de Lima, representou a Associação no X Congresso Estadual dos Bancários do Maranhão 2022, realizado nos dias 24 e 25 de junho em São Luis (MA). Na ocasião, o diretor fez uma saudação de luta aos trabalhadores bancários e bancárias, reafirmando a importância da organização da categoria para a manutenção e o avanço na conquista de direitos.

Dorisval reforçou bandeiras históricas que precisam ser reivindicadas na campanha salarial, a exemplo da isonomia de tratamento e reposição das perdas salariais; reafirmou questões específicas que afetam os trabalhadores do Banco do Nordeste do Brasil, a exemplo da necessidade de fortalecimento das caixas médica e de previdência (Camed e Capef) e a recuperação do Plano de Previdência BD, além de abordar questões macro de âmbito geral como o enfrentamento às privatizações e a defesa da democracia.

Confira as resoluções aprovadas no Congresso e outras informações na matéria do Seeb MA abaixo:

Bancários aprovam pauta da Campanha e resoluções

Categoria participou na sexta e no sábado (24 e 25/06) do X Congresso Estadual dos Bancários 2022.

Ascom/SEEB-MA

 

Os bancários e bancárias maranhenses participaram na sexta-feira e no sábado (24 e 25/06) do X Congresso Estadual dos Bancários 2022, respectivamente, na Sede Administrativa, na Rua do Sol, Centro, e na Sede Recreativa, no Turu, em São Luís.

Na oportunidade, a categoria debateu a conjuntura político-econômica com os convidados Heliane Fernandes – professora de Direito; Edinardo Filgueiras – bancário e militante sindical; e Jorge Luiz Souto Maior – Desembargador do TRT da 15ª Região, que apresentaram os desafios que a classe trabalhadora vai enfrentar nesta Campanha Salarial.

Em seguida, os bancários e bancárias realizaram reuniões para tratar das questões específicas de cada banco; definiram e aprovaram as pautas alternativas para a Campanha Salarial 2022; e autorizaram o Sindicato a realizar negociações e a assinar acordos coletivos com os bancos públicos e privados.

No fim do Congresso, os trabalhadores aprovaram, ainda, resoluções sindicais e estatutárias, bem como estratégias de luta para os próximos 3 (três) anos do Sindicato.

RESOLUÇÕES APROVADAS NO X CONGRESSO ESTADUAL DOS BACARIOS DO MARANHÃO:

1. Criação de grupo de trabalho para preparar alteração do Estatuto Social do SEEB-MA;

2. Criação de programa de atendimento psicológico e psiquiátrico para a categoria bancaria maranhense;

3. Criação de programa de formação política para a categoria bancÁria da base territorial do SEEB-MA;

4. Criação da programação cultural bancária, envolvendo temas como:
– artes plásticas; pintura; música, poesia, romance; contos; recital e dança;

5. Manutenção de pautas históricas de luta da categoria, como:
– reposição das perdas salariais desde o plano real e isonomia entre empregados pré e pós-98;

6. Realização de Congressos anuais por banco;

7. Inclusão do mês de maio como o “Mês de Combate ao Assédio Moral e Sexual”

8. Criação da Secretaria Especial de Relações de Gênero;

9. Criação da rubrica de orçamento especifico para educação, formação, especialização política e técnica para mulheres e formação para os demais membros da Diretoria e da categoria a respeito de tema feministas;

10. Prioridade nas liberações sindicais de diretores para o SEEB-MA;

11. A obrigatoriedade de serviço de creche e recreação infantil em todos os eventos oficiais do SEEB-MA;

12. A paridade de gênero nas representações oficiais do SEEB-MA;

13. Mesa temática sobre temas relativos à mulher nos eventos oficiais do SEEB-MA;

14. Criação de grupo de trabalho para discutir projeto de criação da Sede Recreativa da Regional Imperatriz.

PRINCIPAIS PONTOS DAS PAUTAS PARA A CAMPANHA SALARIAL 2022:

FENABAN

– Indíce de reajuste de 35%;
– 12% de inflação;
– 20% da média das perdas salariais
– 3% da media do crescimento dos ativos dos 5 maiores bancos;
– Acordo anual;
– PLR linear para todos os bancários;
– Fim da terceirização;
– Fim das metas e do assédio;
– Funcionamento das agências das 8h às 18h com dois turnos formados por diferentes bancários;
– Pelo fim do banco de horas.

BANCO DO BRASIL

– Cassi para todos;
– Preenchimento de todos os claros nas agências;
– Contra a extinção da função de caixa;
– Fim dos deslocamentos do PSO para as salas de atendimento;
– Exigir o fim da GDP;
– Exigir o fim do banco de horas;
– Cobrar que os processos administrativos ocorram no prazo;
– Cobrar o fim da lateralidade;
– Volta da conversão em espécie dos abonos-assiduidade, bem como a acumulação caso não sejam utilizados.

CAIXA ECONÔMICA

– Pelo fim da GDP;
– Pela contratação de mais bancários;
– Pelo pagamento dos valores não pagos da PLR de 2020 e 2021;
– Pela manutenção da exclusividade do penhor;
– Pela isonomia e recuperação das perdas salariais;
– Pelo fim do caixa/tesoureiro minuto ou por prazo com efetivação na função;
– Em deresa da Caixa 100% pública.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome