Atenção. Deputados querem te escravizar

234


 


O momento é de atenção total. A Câmara Federal está prestes a dar uma rasteira nos brasileiros, com a votação do projeto que permite a terceirização em todas as atividades das empresas. A medida tem impacto direto na relação entre empregado e patrão. E como no Brasil a corda só arrebenta no lado mais fraco, é fácil saber quem vai perder.



É só perguntar ao terceirizado. O salário é menor. Também não tem direito a aviso prévio, 13º salário, férias, seguro-desemprego, FGTS e multa de 40% nos casos de demissão sem justa causa. Resumindo, não tem nenhuma garantia. Como as empresas fogem da responsabilidade, são vão contratar terceirizado.



A estimativa é de que número salte dos atuais 13 milhões para mais de 52 milhões. Os acidentes de trabalho também tendem a crescer. No Brasil, 560 mil trabalhadores acidentados são terceirizados, contra 140 mil formais. Os dados são da Associação Latino-americana da Justiça do Trabalho. 


Source: SAIU NA IMPRENSA – 600

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome