BNB opera mais de R$ 20 bi de crédito no semestre

8

Apesar dos ataques do governo Bolsonaro, o Banco do Nordeste continua a cumprir o importante papel de fomentar o desenvolvimento da região. De janeiro a junho deste ano, a instituição aplicou R$ 20,3 bilhões na economia regional, um recorde para o período. O crescimento foi de 11,3% em relação ao mesmo período de 2020, quando foram destinados R$ 18,2 bilhões.

De acordo com o BNB, o valor corresponde a créditos destinados a empreendedores de todos os portes situados na área de atuação do banco. A instituição é operadora exclusivo do FNE (Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste), que realizou mais de 320 mil transações no semestre, com R$ 12,5 bilhões destinados a empreendimentos.

No entanto, tamanho potencial pode ser esvaziado. Isso porque a MP 1052/21, editada pelo governo Bolsonaro, com o intuito de modificar o FNE, altera as taxas de administração das instituições que gerem os fundos, o que afetaria diretamente o Banco do Nordeste.

O objetivo final do governo Bolsonaro é privatizar o BNB, acabando com as linhas de créditos acessíveis aos empreendedores da região. A resistência contra o desmonte dos bancos públicos tem de ser mantida, diante da ofensiva do governo em liquidar o patrimônio brasileiro.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome