Bradesco lança plano de demissão voluntária

233


Nesta quinta-feira (13) o Bradesco informou por meio de comunicado ao mercado, a abertura de um plano especial de demissão voluntária. No documento, a instituição afirma que, para aderir ao plano, o funcionário precisará atender a pelo menos um dos requisitos abaixo:


 


Estar aposentado junto ao INSS, por idade ou tempo de contribuição integral ou proporcional até 31/08/2017;


 


Estar apto a requerer o benefício previdenciário da aposentadoria por idade ou tempo de contribuição integral até 32/08/2017;


 


Trabalhar na Organização Bradesco há no mínimo 10 anos, completados até 31/08/2017, e atuar em um dos Departamentos ou Empresas Ligadas listados no Regulamento. Na contagem do período de 10 anos é considerado o tempo de trabalho em empresas incorporadas.


 


No final de 2015, após o anúncio da compra do HSBC, o Bradesco se reuniu com sindicatos e prometeu que não haveria demissões em massa. No início deste ano, uma decisão da Justiça trabalhista do Paraná também proibiu a dispensa coletiva de funcionários.


 


O Bradesco fechou 192 agências no primeiro trimestre deste ano e o vice-presidente responsável pela rede de atendimento, Josué Pancini, disse que a tendência era esse movimento continuar. O banco tinha 5.122 agências ao fim de março, incluindo as oriundas da aquisição do HSBC, nas quais só vai começar a mexer na segunda metade do ano.


 


Não podemos nos calar diante dessa situação absurda. Condições de trabalho e aposentadoria dignas não são favores, são direitos dos trabalhadores. Vamos honrar aqueles que lutaram por nós. 


 


Avante na luta! Por nenhum direito a menos. 


Source: SAIU NA IMPRENSA – 300

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome