Câmara vai votar projeto que inclui bancários no plano de vacinação

43

Na noite dessa terça-feira (15), o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, prometeu colocar em votação no plenário o projeto de lei que inclui os bancários no Plano Nacional de Imunização (PNI) contra a Covid-19. O deputado assumiu o compromisso em reunião com os presidentes do Sindicato da Bahia, do Sindicato de Sergipe, e da Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe.

Também participaram da reunião o diretor de Relações Sindicais da Fenaban, Adauto Duarte, o líder do PT, Bohn Gass, o líder do PSB, Danilo Cabral, o deputado Daniel Almeida (PCdoB-BA) e as deputadas Erika Kokai (PT-DF) e Celina Leão (PP-DF), que é a relatora do projeto que altera o Plano Nacional de Operacionalização da Vacina, com a inclusão dos bancários entre o público prioritário para vacinação.

Segundo o deputado Daniel Almeida, que intermediou a reunião com o presidente da Câmara, a votação do projeto pode acontecer ainda esta semana.

Nesta quarta (16), esse mesmo grupo terá uma reunião com técnicos do Ministério da Saúde para debater o tema, como um desdobramento da audiência da ultima sexta-feira (11) com o ministro da pasta, Marcelo Queiroga.

Na sexta, Queiroga recebeu representantes da Fenaban, da Contraf e do sindicato de São Paulo, que fizeram a ele o mesmo pedido. O ministro afirmou que não cabe a ele, individualmente, decidir sobre essa questão, mas sim à equipe técnica do PNI. Sendo assim, ele afirmou que o pedido seria encaminhado à equipe.

Sindicato dos Bancários de Bauru e Região espera que o projeto de lei seja mesmo votado ainda nesta semana. A categoria espera a vacinação prioritária já há muito tempo. Em dezembro, quando as primeiras vacinas começaram a ser aplicadas no Reino Unido, o Sindicato lançou a campanha “Na linha de frente da exposição, na linha de frente da vacinação”, mas a primeira aplicação da vacina no Brasil só ocorreu em 17 de janeiro.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome