Dívida pública continua aumentando no Governo Temer

248


A situação econômica brasileira segue complicada com a gestão desastrosa do governo Temer. A DPF (Dívida Pública Federal), que inclui o endividamento interno e externo, subiu 1,53% e chegou a R$ 3,528 trilhões em janeiro para R$ 3,582 trilhões em fevereiro. Os dados são da Secretaria do Tesouro Nacional, do Ministério da Fazenda.

O estoque da DPMFi (Dívida Pública Mobiliária Federal interna) teve aumento de 1,50%. Passou de R$ 3,405 trilhões para R$ 3,456 trilhões, em função da emissão líquida no valor de R$ 28,91 bilhões, e pela apropriação positiva de juros, R$ 22,41 bilhões.

No caso da DPFe (Dívida Pública Federal Externa), captada do mercado internacional, teve alta de 2,23% sobre o estoque registrado em janeiro, encerrando o mês de fevereiro em R$ 125,59 bilhões (US$ 38,70 bilhões), sendo R$ 112,92 bilhões (US$ 34,80 bilhões) referentes à dívida mobiliária e R$ 12,66 bilhões (US$ 3,90 bilhões), à dívida contratual.

O valor da dívida pública pode subir daqui para o final do ano. Segundo o PAF (Plano Anual de Financiamento), o valor pode fechar entre R$ 3,78 trilhões e R$ 3,98 trilhões.  


DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome