Função garantida aos afastados por licença na Caixa

53
Após cobrança dos sindicatos sobre as alterações no normativo RH 184, a Caixa garantiu que os empregados em licença por motivos de saúde por mais de 180 dias não serão dispensados de funções ou cargos em comissão

Após cobrança do movimento sindical sobre as alterações no normativo RH 184, a Caixa garantiu que os empregados em licença por motivos de saúde por mais de 180 dias não serão dispensados de funções gratificadas ou cargos em comissão.

De acordo com o banco, a suspensão da dispensa tem a intenção de respeitar a situação de vulnerabilidade e permitir um olhar mais humanizado para cada caso e a nova versão segue o estabelecido no artigo 60 do ACT (Acordo Coletivo de Trabalho).

Importante lembrar que as modificações, divulgadas recentemente pela empresa sem negociação ou comunicação prévia aos sindicatos, geram divergências de interpretações e causam apreensão e mal-entendidos entre os funcionários.

A atuação do banco é criticada frequentemente pelos representantes dos trabalhadores. A nova gestão da Caixa precisa manter uma relação transparente com os trabalhadores e as entidades sindicais, no sentido de valorizar os funcionários e garantir boas condições de trabalho.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome