No Brasil, 233 agressões contra jovens por dia

102

O Brasil registra, por dia, 233 agressões contra crianças e adolescentes de até 19 anos. Entre 2009 e 2017, foram 471.178 registros, segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria.

No primeiro ano do levantamento, foram notificados 13.88 casos. Média de 38 por dia. Em oito ano, o número disparou, crescendo 34 vezes. O estudo inédito mostra que a violência ocorre de forma física, psicológica e até tortura. A maioria no ambiente doméstico ou por pessoas do círculo familiar.

Do total de casos notificados pelos serviços de saúde, 69,5% foram decorrentes de violência física, 27,1% violência psicológica e 3,3% episódios de tortura. A SBP destaca que a agressão a menores provoca um número significativo de internações hospitalares e mesmo de mortes: são 35.855 encaminhamentos para hospitalização e 3.296 óbitos registrados no período.

Com 21.639 casos, São Paulo é o estado com maior números de agressões. Depois aparecem Minas Gerais (13.325), Rio de Janeiro (7.853), Paraná (7.297) e Rio Grande do Sul (5.254).

O estudo destaca ainda que poucos casos chegam aos órgãos de proteção. Quando há denúncia, a maioria é proveniente de famílias mais pobres. Não porque são menos frequentes, mas porque nas famílias ricas não se fala sobre isso para manter o status de que está tudo bem.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentário
Seu nome